sábado, 17 de abril de 2010

Chegada dos portugueses em 1500.

No ano de 1500, quando Portugal e Espanha exploravam o oceano em busca de novas terras, 13 caravelas comandadas pelo fidalgo português Pedro Álvares Cabral avistaram terra na região do Monte Pascoal. Na verdade, os portugueses acreditavam que tudo era apenas um grande monte, até que Cabral suspeitou que existia uma faixa de terra também, chamando o local de Ilha de Vera Cruz. Após outras expedições portuguesas na região, foi descoberto que não se tratava de uma ilha, mas sim de uma enorme área continental, fazendo com que novamente o nome fosse alterado para Terra de Santa Cruz. Após a descoberta do pau-brasil, em 1511, a região ficou conhecida pelo nome que possui atualmente: Brasil.
***********************************
******************************
Muitos críticos salientam (e eu concordo!!!) que o emprego do termo "descobrimento" é baseado em uma visão eurocêntrica, uma vez que já existiam muitos povos indígenas habitando o Brasil. Para evitarem guerras e disputas territoriais, a fim de melhor poderem explorar as novas terras, Portugal e Espanha elaboram o Tratado de Tordesilhas, em 1949. O tratado estabelecia que Portugal ficaria com as terras a leste da linha imaginária (200 milhas a oeste das ilhas de Cabo Verde) e a Espanha, com terras a oeste desta linha.
No Brasil, os portugueses passaram a explorar unicamente o pau-brasil, uma árvore possuidora de uma madeira de tom avermelhado muito comercializada no velho continente. Para a explorarção do pau-brasil, os portugueses usavam o trabalho indígena por meio da política do escambo: os colonizadores davam insignificantes presentes (espelhos, apitos, etc.) em troca do trabalho indígena.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário